Mulheres negras na construção de um cinema negro no feminino

  • Edileuza Penha de Souza Universidade de Brasília (UnB), Faculdade de Comunicação, Campus Darcy Ribeiro, 70910-900, Brasília
Palavras-chave: Mulheres Negras, Cinema Negro, Cinema, Territorialidade, Mulheres Cineastas

Resumo

O artigo apresenta um panorama das principais produções cinematográficas realizadas por mulheres negras brasileiras e de como suas obras se constituem no conceito de Cinema Negro no Feminino. Reflete sobre o caráter ideológico de gênero e raça e do processo feminino de identidade negra no cinema. Observa-se que ao produzirem e dirigirem filmes, as mulheres negras edificam o cinema como espaço de pertencimento e de referência da história e da cultura negra. Seus trabalhos têm possibilitado leitura afetiva, política e geográfica, e constroem uma cinematografia fora da estereotipia, descortinando novas visões de mundo, em que o cinema é entendido como espaço de identidades, manifestações, expressões e cidadania. Constata-se que o cinema produzido por mulheres negras tem marcado uma territorialidade sedimentada no desenvolvimento humano, criando e recriando mundos e possibilidades de amor e afetos.

Biografia Autor

Edileuza Penha de Souza, Universidade de Brasília (UnB), Faculdade de Comunicação, Campus Darcy Ribeiro, 70910-900, Brasília

Pós-doutora em Comunicação e Doutora em Educação pela Universidade de Brasília (UnB). Documentarista e Pesquisadora.

Publicado
2020-01-23